Acompanhe as novidades

Ginecomastia: tire suas dúvidas sobre o assunto

Publicado em 12/11/2018Ginecomastia: tire suas dúvidas sobre o assunto

Os homens desenvolvem suas mamas na fase da puberdade, entre 13 e 14 anos. Em muitos casos, elas crescem mais que o normal, ocorrendo então a ginecomastia, que se caracteriza pelo excesso de tecido mamário masculino.

Quer saber mais sobre ginecomastia? Continue lendo este artigo.

Quais as causas da ginecomastia?

Além da puberdade, a ginecomastia está relacionada a desequilíbrios hormonais, problemas no fígado, na tireoide e obesidade. A ginecomastia é mais frequente em homens mais velhos, sendo a avaliação clínica muito importante, pois, em muitas vezes a ginecomastia pode ser confundida com pseudoginecomastia, que é o excesso de gordura sob o mamilo sem aumento de tecido glandular. A boa notícia é que existe tratamento para a ginecomastia.

Qual o tratamento indicado para a ginecomastia?

A cirurgia plástica reparadora para ginecomastia é indicada para homens acima dos 18 anos que não chegaram ao resultado desejado com o tratamento clínico ou apresentam desconforto psíquico em função da ginecomastia. O procedimento realizado pelo cirurgião plástico consiste em remover parte do tecido glandular e da gordura ao redor do mamilo.

E como é o pós-operatório de ginecomastia?

Assim como qualquer outra cirurgia plástica reparadora é necessário seguir corretamente as orientações médicas, o que inclui evitar a prática de exercícios físicos por pelo menos 30 dias e usar colete elástico conforme recomendação médica que pode ser de até 45 dias.

Para saber mais sobre cirurgia plástica para correção de ginecomastia, agende uma consulta com o Dr. Petrônio Fleury através dos números (62) 3945-2039, (62) 99954-2094 ou acesse o site http://www.petroniofleury.com.br/